15 de maio de 2019, 19:32

BAHIAVereador denuncia Dayane Pimentel por candidatura “fantasma”

Foto: Reprodução/Instagram

A deputada federal Dayane Pimentel (PSL-BA)

Sob a acusação de uma suposta candidatura fantasma nas eleições de 2018, a presidente estadual do PSL, deputada federal Dayane Pimentel, e o marido, secretário municipal de Esporte e Lazer, Alberto Pimentel (PLS), foram denunciados no Ministério Público Federal (MPF) nesta terça-feira (14). A denúncia foi feita pelo vereador de Vitória da Conquista, David Salomão (PRTB), que acusa o PSL-BA de lançar uma falsa candidatura de Luiza Caroline dos Santos Barbosa ao cargo de deputada federal, para que a sigla alcançasse os 30% da cota feminina determinados pela lei eleitoral. Ainda segundo a denúncia, Luiza Caroline reside nos Estados Unidos, Luiza Caroline e não teria estado no Brasil durante o período eleitoral. Em nota, Alberto Pimentel, que também é secretário-geral do PSL na Bahia, disse que acusação é queixa de “completamente infundada”. Segundo Pimentel, se a candidatura de Luiza Caroline Barbosa fosse “de fachada”, “ainda assim seria cumprida a cota. Ou seja, tivemos apenas 4 candidatos, 2 homens e 2 mulheres. Se tirássemos uma mulher, ainda assim a cota estaria dentro dos 30%”.

Comentários