11 de abril de 2019, 08:43

EXCLUSIVASe fizer genro desembargador, Pinheiro perde chance de concorrer a prefeito em Salvador

Foto: Divulgação/Arquivo

Walter Pinheiro terá que escolher entre fazer genro desembargador e poder concorrer a prefeito pelo grupo do governador

No PT, a avaliação é de que, se conseguir emplacar como desembargador o genro, o advogado Marcelo Junqueira Ayres Filho, o secretário estadual de Planejamento, Walter Pinheiro, perde qualquer procedência para concorrer internamente no grupo pelo posto de candidato à Prefeitura de Salvador em 2020. Aliás, os petistas garantem que Rui, responsável pela escolha do novo magistrado do Tribunal de Justiça a partir de uma lista tríplice eleita ontem pela Corte na qual o advogado figura, deve estabelecer claramente a restrição a Pinheiro, que deixou o PT no auge de uma crise. Advogado de carreira, Junqueira Ayres iniciou a carreira como juiz do Tribunal Regional Eleitoral, também na vaga de advogado, posto ao qual chegou igualmente com uma forcinha do então senador Pinheiro quando o PT comandava o governo federal.

Comentários