22 de fevereiro de 2019, 10:35

EXCLUSIVAPrevalência de candidatos do governo na liderança de pesquisa sobre 2020 anima ruisistas

Foto: Política Livre/Arquivo

Candidata na sucessão passada, Alice é uma das governistas que despontam na primeira pesquisa sobre 2020 em Salvador

O resultado da primeira pesquisa sobre a sucessão municipal de 2020 em Salvador, em que pelo menos três nomes governistas aparecem empatados com o líder Irmão Lázaro (PR), ele próprio hoje num partido da base do governador, animou imensamente o entorno político de Rui Costa (PT) em volta da idéia de que pode estar se abrindo para o governador a primeira grande janela de oportunidade para eleger o próximo prefeito de Salvador, um sonho quase “secular” do petismo. O que o grupo diz não saber ainda é como dotar o governador de “tesão” suficiente para encarar a empreitada, já que, para a maioria, Rui é um sujeito desprovido de grandes vocações políticas. Na sondagem da Paraná Pesquisas, divulgada ontem, Lázaro aparece com 12,3% das intenções de votos, empatado tecnicamente com Alice Portugal (PCdoB-11,8%), Lídice da Mata (PSB-10,4%) e Nelson Pelegrino (PT-8,5%). Vice-prefeito e candidato de ACM Neto (DEM) à sua sucessão, Bruno Reis surge embolado no grupo com 11,7%.

Comentários