6 de fevereiro de 2019, 09:49

EXCLUSIVA“Correria” vira “tartaruga” em montagem de secretariado, segundo deputados

Foto: Metropress/Arquivo

Deputados calculam que logo se passarão quatro meses desde o primeiro turno sem que a toda a equipe tenha sido definida

A pelo menos dois partidos o governador Rui Costa (PT) avisou que só tratará da nomeação dos cargos de segundo escalão, onde estão algumas das empresas e órgãos mais cobiçados do Estado por políticos, depois que fechar a nomeação de todo o secretariado. Depois da leva de ontem, quando anunciou cinco nomes, ainda faltam mais cinco pastas cujos titulares precisam ser nomeados, de um total de 25 – só na semana passada foram nomeados os primeiros 15. Sem controlar a ansiedade, ao calcularem que do primeiro turno até agora já estão se passando quatro meses sem que a composição do novo governo tenha sido concluída, deputados começam a criticar o governador e dizer que, de “correria”, título com que o marketing de Rui Costa o coroou, o processo não tem nada, parecendo mais “coisa de tartaruga”.

Comentários