11 de fevereiro de 2019, 20:40

SALVADORCâmara homenageia Ricardo Boechat e jovens do Flamengo

Foto: Antônio Queirós/CMS

Mortes de Boechat e de dez jogadores da divisão de base do Flamengo foram lamentadas pelos vereadores de Salvador

As mortes do jornalista Ricardo Boechat e de dez adolescentes da divisão de base do Clube de Regatas do Flamengo foram lamentadas pelos vereadores de Salvador, na tarde desta segunda-feira (11). Durante a sessão ordinária, um minuto de silêncio expressou o pesar da Câmara Municipal. Ricardo Boechat morreu no final da manhã desta segunda, em um acidente aéreo, em São Paulo. O presidente da Câmara, vereador Geraldo Júnior (SD), lamentou a perda. “Gostaria de pedir um minuto de silêncio, pela tragédia, pelo falecimento de um ícone do jornalismo, Ricardo Boechat, que deixa a história do jornalismo do nosso país”, frisou Geraldo. O vereador Sabá (PV) afirmou que “sem dúvida, o Brasil perde um dos maiores jornalistas de toda a história do nosso país. Boechat era sinônimo de independência jornalística”, frisou. O secretário de Comunicação da Câmara, vereador Luiz Carlos (PRB), comentou com tristeza a morte do jornalista de 66 anos. “Boechat sempre desempenhou um serviço de extrema importância para a população, a arte de informar e informar com qualidade. O jornalismo perde um grande profissional e nós perdemos uma das maiores referências da comunicação”, declarou. Os vereadores Ricardo Almeida (PSC) e Marcos Mendes (PSOL) também prestaram homenagens in memoriam. Por iniciativa da vereadora Marcelle Moraes (Sem partido), o Poder Legislativo soteropolitano também lembrou das vítimas do incêndio ocorrido no Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro, na madrugada de sexta-feira (8). Três foram os sobreviventes. O vereador Téo Senna (PHS) condenou o trágico episódio envolvendo os adolescentes, e afirmou que uma comissão da Câmara realizará visitas aos clubes de futebol da Bahia com o objetivo de avaliar os alojamentos.

Comentários