10 de fevereiro de 2019, 13:00

BAHIAAção em praias de Salvador conscientiza banhistas sobre descarte de lixo

Com o tema “O Mar Não Está Para Plástico”, voluntários se uniram neste sábado (10) para participar de uma ação de coleta de resíduos sólidos nas praias de Piatã e Itapuã, em Salvador. O objetivo é despertar nos banhistas e comerciantes a conscientização sobre o cuidado com o ambiente marinho. A iniciativa é resultado de pareceria entre a Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema) e a ONG Rede Viva Mar Vivo. Na ação educativa, que teve duração de uma hora, num percurso de dois quilômetros, os guardiões da praia, como se intitularam os voluntários, recolheram 3.831 resíduos sólidos, entre copos plásticos, palitos de picolés e de churrasquinho, “bitucas” de cigarro e vidros. O colaborador da ONU Meio Ambiente, para a campanha Mares Limpos, João Malavolta, participou da coleta e destacou que a ação alerta a sociedade para várias reflexões. “Verificamos que muitos dos materiais recolhidos são oriundos da atividade comercial. E as pessoas não têm uma consciência ambiental sobre a responsabilidade que elas devem ter com o lixo gerado na praia. A responsabilidade é tanto dos banhistas, que devem evitar o uso único de materiais descartáveis, como a dos comerciantes, que precisam evitar a oferta de alimentos com esse tipo de material”, explicou. Presente na ação, o secretário estadual do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira, falou sobre a importância da campanha ‘O Mar Não Está Para Plástico’. “Essa atividade tem uma simbologia relevante, sobretudo pela defesa do ambiente costeiro e marinho. Entendemos que as pessoas precisam cuidar da praia, para que amanhã nossos filhos possam continuar aproveitando dessa beleza natural. E nós, da Sema, precisamos de muitos parceiros para construir, coletivamente, essa consciência cidadã e harmônica com o meio ambiente”, disse.

Comentários