26 de dezembro de 2018, 14:41

INTERIOR DA BAHIAPrefeito de Vitória da Conquista investirá na Policĺinica Cemae, equipamentos de saúde e ampliação da rede credenciada

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), afirmou que a Políclinica Centro Municipal de Atenção Especializada (CEMAE), instalada na cidade, realiza 15.000 procedimentos por mês. “E os serviços que não são prestados por esta unidade de saúde, como, por exemplo, mamografia, ressonância magnética e ultrassonografia são realizados na rede credenciada da cidade que tem convênio com a Prefeitura”, afirmou. Ao invés de aderir à policlínica do Governo do Estado, “sem resultados concretos para a população, investiremos na ampliação da rede credenciada para atender a população e em melhorias na infraestrutura do Cemae, que já foi climatizado, e nas nossas unidades de saúde”. Ele afirmou que o Governo do Estado investiu em “pirotecnia partidária em ano de eleições” e “alarde” ao inaugurar as policlínicas. “As inaugurações das policlínicas de Jequié e Guanambi aconteceram em ritmo de campanha eleitoral fora de época, verdadeiros showmícios, com shows milionários de Luan Santana e Aviões do Forró”, afirmou Gusmão. “Mas os resultados, como o de Feira de Santana, por exemplo, não são satisfatórios. Em conversas com o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, Gusmão foi informado que os resultados levaram o prefeito Colbert Martins a suspender o repasse mensal de R$ 215 mil a policlínica da cidade. “Em Feira o consórcio reúne 28 prefeituras e apenas 7 estão pagando”. Colbert revelou ao prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), que a Policlínica de Feira deve à prefeitura mais de 3 mil procedimentos.

Comentários