19 de dezembro de 2018, 07:39

EXCLUSIVAAssessor de Wagner aparece como candidato da “renovação” à presidência do PT

Foto: Divulgação/Arquivo

Éden Valadares, assessor de Wagner, é apoiado também pelo deputado estadual Rosemberg Pinto, da corrente CNB

Com o apoio manifesto do senador eleito Jaques Wagner e do deputado estadual Rosemberg Pinto, o militante Éden Valadares aparece como candidato da “renovação” ao comando do PT na Bahia nas eleições que ocorrerão no próximo ano. Éden tem 37 anos e trabalha como assessor de Wagner há pelo menos 10 anos, tendo coordenado sua campanha ao Senado. Nesse período, foi também chefe de gabinete da presidência da República e secretário de Juventude do PT baiano. Ele pertence à mesma corrente de Rosemberg, a CNB. O ponto de partida para sua campanha foi a publicação de um artigo, esta semana, intitulado “Uma nova primavera para o PT”, no qual ele defende uma renovação de prática e de método no partido, que se concretize “em compromisso real com os valores democráticos, humanistas e civilizatórios”. Tanto Wagner quanto Rosemberg defenderam o rejuvenescimento das lideranças no partido na última reunião do PT, no dia 10 de dezembro.

Comentários