8 de outubro de 2018, 11:20

SALVADORQuatro vereadores deixam CMS e abrem espaço para suplentes

Foto: Divulgação

Leo Prates (DEM)

Eleitos no pleito deste ano, os vereadores Leo Prates (DEM) – que é presidente da Câmara Municipal de Salvador-, Paulo Câmara (PSDB), Hilton Coelho (PSOL) e Igor Kannário (PHS) deixarão o legislativo municipal no primeiro dia de 2019 e abrirão espaços para seus respectivos suplentes. No caso de Prates, quem assume a cadeira de vereador é Vado Malassombrado, que era suplente e Cláudio Tinoco, mas que vai herdar a posição do atual presidente da CMS como vereador titular. Com isso, Demétrio Oliveira assume como suplente enquanto Tinoco segue na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult). Já Câmara, eleito para a Assembleia Legislativa assim como Leo, agora abre espaço para Atanázio Júlio. No caso de Hilton, eleito a deputado estadual, o candidato derrotado do PSOL ao Governo da Bahia, Marcos Mendes, assume o posto de vereador. Vitorioso na campanha de deputado federal, Kannário é mais um que deixa a Câmara de Salvador e com isso Fábio Souza, suplente de Isnard Araújo que atualmente comanda a SEMPS, assume a cadeira, colocando Ramos como suplente.

Comentários