15 de outubro de 2018, 20:58

MUNDOMorre aos 65 anos Paul Allen, cofundador da Microsoft

Foto: Estadão

O cofundador da Microsoft, Paul Allen, morreu nesta segunda-feira, 15, após complicações com o câncer

O cofundador da Microsoft, Paul Allen, morreu nesta segunda-feira, 15, após complicações com o câncer. Allen anunciou no mês passado que estava fazendo tratamento contra linfoma não-Hodgkin, tipo de câncer que já tinha sofrido e se livrado nove anos antes. O executivo tinha 65 anos e atuou à frente da Microsoft por anos. A morte do executivo foi confirmada pela família. Jody Allen, irmã de Paul, disse ao site da CNBC que o executivo era “um indivíduo notável em todos os níveis”. “Para todas as demandas em sua agenda, sempre houve tempo para a família e os amigos. Neste momento de perda e pesar para nós – e tantos outros – estamos profundamente gratos pelo cuidado e preocupação que demonstrou todos os dias”, disse Jody ao lembrar que Allen atuava como um grande filantropo dos Estados Unidos. O executivo esteve por anos à frente da Microsoft, deixando o posto de presidente executivo quando descobriu pela primeira vez que estava com a doença. Allen também já foi considerado um dos homens mais ricos do mundo. Nesta segunda-feira ele ficou ocupava o 44º lugar na lista de bilionários da Forbes em 2018, com patrimônio estimado em mais de US $ 20 bilhões. Allen também era o dono do Portland Trail Blazers da NBA, o Seattle Seahawks da NFL e tinha uma participação no time de futebol Sounders de Seattle.

Estadão Conteúdo

Comentários