11 de outubro de 2018, 16:15

BAHIACorregedoria do Detran fiscaliza suspeitas de irregularidades

Para coibir fraudes, a Corregedoria Geral do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia ( Detran-BA) fiscaliza a atuação dos servidores do órgão, na capital e no interior. Em caso de suspeita de irregularidades, a Corregedoria abre uma sindicância para apurar os fatos, como aconteceu na Circunscrição Regional de Trânsito ( Ciretran) de Juazeiro, no norte do estado. A operação da Polícia Civil, nesta quinta-feira ( 11), que resultou na prisão do coordenador da Ciretran de Juazeiro, Ítalo Souza, e do ex-funcionário da unidade, Jair Santana, por peculato e corrupção, contou com o trabalho da Corregedoria do Detran. Uma equipe do órgão se deslocou até a cidade para colaborar com as investigações. O coordenador da Ciretran foi exonerado. “Temos feito um trabalho muito detalhado em cima da atuação dos servidores, com resultados importantes no combate às irregularidades. Todos os levantamentos que fazemos, seja na sede, em Salvador, ou nas Ciretrans do interior, são encaminhados à polícia para o prosseguimento das investigações”, explicou o corregedor-geral do Detran, Osvaldo Moura.

Comentários