12 de outubro de 2018, 08:28

BRASILBolsonaro recruta exército de fiscais de urna, diz coluna

Foto: Divulgação

Somente no Ceará, 20 mil pessoas preencheram o cadastro

A campanha do presidenciável Jair Bolsonaro está recrutando eleitores para que atuem como fiscais no dia da votação, de acordo com a Coluna do Estadão. Somente no Ceará, 20 mil pessoas preencheram o cadastro. Quem for considerado apto passará por um treinamento para identificar crimes eleitorais, como boca de urna e compra de votos, além de problemas nas urnas eletrônicas. O candidato do PSL também reforçou sua equipe de advogados. São 20 profissionais que trabalharam para candidatos do PSL nos Estados e agora se concentram na eleição do capitão reformado. A equipe jurídica de Bolsonaro é coordenada pelo advogado Tiago Ayres. O advogado Aldairton Carvalho, que integra o time, explica que o recrutamento de fiscais se deve aos problemas identificados pela campanha no 1.º turno.

Estadão

Comentários