14 de setembro de 2018, 08:34

BRASILMourão acentua crise e diz que só ouve Bolsonaro

Foto: Wilton Júnior / Estadão

Vice de Jair Bolsonaro (PSL) na corrida ao Planalto, o general Hamilton Mourão (PRTB)

Vice de Jair Bolsonaro (PSL) na corrida ao Planalto, o general Hamilton Mourão (PRTB) diz aguardar decisão “somente de Bolsonaro” sobre a hipótese de substituí-lo nos debates. “A decisão tem de ser dele e de mais ninguém”, diz, descartando ouvir a opinião contrária da família e do PSL. A presença de Mourão nos debates rachou a campanha porque uma ala avalia que a cadeira vazia reforça no eleitor o sentimento de dívida com o candidato esfaqueado. Alheio a isso, o PRTB diz que vai consultar ao TSE, mas, como está coligado, precisa da concordância do PSL. O general Mourão diz não poder reclamar do pouco tempo de programa de televisão. “Estamos tendo outras oportunidades para expor nossas ideias, mas (a cadeira vazia no debate) pode eventualmente nos causar algum prejuízo”, avaliou. A estratégia do PSL preocupa seus oponentes. Geraldo Alckmin já pediu aos eleitores que não votem em Bolsonaro por solidariedade pelo atentado que sofreu. Nesse sentido, adversários preferem Mourão nos debates.

Estadão

Comentários