6 de agosto de 2018, 15:10

EXCLUSIVASem chapão, deputados federais se desesperam e passam a defender Roma ao Senado

Foto: Divulgação/Arquivo

João Roma é o nome mais lembrado por deputados para substituir Irmão Lázaro na chapa

Com a provável retirada da candidatura de Irmão Lázaro ao Senado, devido ao rompimento do acordo pelo qual seu partido, o PSC, integraria o chapão proporcional com as legendas que apóiam o candidato do DEM ao governo, José Ronaldo, deputados do DEM passaram a defender internamente o lançamento do nome do ex-chefe da Casa Civil do prefeito ACM Neto (DEM), João Roma (PRB), para candidato a senador em seu lugar. Eles temem que suas condições de competitividade sejam prejudicadas sem o chapão e o PSDB, que já anunciou que vai disputar sozinho as eleições proporcionais, e acham que o prefeito precisa priorizar a reeleição de seus deputados, concentrando esforços para reelegê-los, ao invés de apostar em nomes novos. Outro fator “facilitador” para Roma seria o fato de pertencer ao evangélico PRB, que foi excluído da primeira chapa de Ronaldo em favor do PSC de Irmão Lázaro.

Comentários