16 de agosto de 2018, 11:28

MUNDORainha do soul, Aretha Franklin morre aos 76 anos

Foto: Jeff Kowalski/Efe

Aretha morreu devido a um câncer no pâncreas

A rainha do soul Aretha Franklin morreu nesta quinta-feira, 16, aos 76 anos, de acordo com informações da agência The Associated Press. Segundo seu agente, ela estava em sua casa em Detroit e morreu com um estado avançado de câncer no pâncreas. Em um comunicado, a família da cantora disse ter perdido “a matriarca e a pedra da nossa família”. “O amor que ela sentia por seus filhos, netos, sobrinhas e sobrinhos não conhecia limites. Nós estamos profundamente comovidos pela incrível efusão de amor e suporte que recebemos de amigos próximos e fãs de todo o mundo. Nós sentimos seu amor por Aretha e nos traz conforto saber que seu legado sobreviverá”, diz ainda a nota. Os preparativos para o funeral serão anunciados nos próximos dias. Aretha era uma força da natureza. A voz de enorme tessitura era capaz de alcançar agudos extremos, e ao mesmo tempo flutuar com segurança nos registros graves, sem contar o vibrato característico que acrescenta refinadas pitadas de balanço em seu jeito único de cantar. Aretha flutua entre as notas, ora retardando, ora acelerando em momentos inesperados. Mas o que a tornou a Rainha do Soul, uma das grandes divas da música do século, sem dúvida é o modo como transplantou a matriz “gospel” a outros gêneros populares, como o jazz, o blues, o pop.

Estadão

Comentários