6 de agosto de 2018, 14:15

EXCLUSIVAEm mensagem a deputados, Lázaro admite que perdeu condições de disputar Senado

Foto: Ag. Câmara/Arquivo

Deputado federal Irmão Lázaro

Cobrado por deputados sobre o rompimento do acordo pelo qual seu partido, o PSC, integraria o chapão proporcional em troca de sua candidatura ao Senado na chapa do candidato a governador José Ronaldo (DEM), o deputado federal Irmão Lázaro afirmou que não concordava com a posição da agremiação e que perdeu as condições de continuar disputando a vaga de senador no grupo. Ele deve agora disputar a eleição a deputado estadual ou concorrer à reeleição à Câmara dos Deputados. “Sinto informar que não sabia (do rompimento do acordo), amigo. Concordo em que perdi as condições de concorrer a senador na chapa”, disse numa rede de WhatsApp integrada por deputados da base do prefeito ACM Neto (DEM), principal apoiador de José Ronaldo. Lázaro se posicionou depois que deputados começaram a cobrar uma posição sua. Em seguida, muitos deles passaram a dizer, no grupo, que ele não poderia mais ser candidato a senador.

Leia também: Com queda de chapão, deputados do DEM podem renunciar em bloco à reeleição, implodindo candidatura de José Ronaldo

Comentários