12 de agosto de 2018, 18:31

BRASILCaixa vai selecionar vice-presidentes; ganho anual é superior a R$ 1 milhão

A Caixa Econômica Federal abriu na última sexta-feira, dia 10, processo para selecionar novos vice-presidentes nas áreas de corporativo, fundos de governo e loterias, governo e habitação. A remuneração anual para cada cargo supera os R$ 650 mil (total de 13 salários), que, acrescida de remuneração anual variável de até R$ 286,4 mil e somada a R$ 109 mil em benefícios, totaliza mais de R$ 1 milhão por ano, de acordo com informe do banco público. Podem participar do processo seletivo tantos candidatos internos como externos desde que preencham os requisitos para os cargos e não tenham impedimentos previstos em lei no âmbito do seu novo estatuto que visa a aprimorar as práticas de governança corporativa da Caixa. Interessados podem se escrever até o próximo dia 20 de agosto. A pré-seleção dos participantes será feita até o fim do mês e as entrevistas ocorrerão em setembro. Três das quatro vice-presidências da Caixa alvo do processo estão vagas desde janeiro último após o presidente Michel Temer destituir quatro executivos pós recomendações do Ministério Público Federal do Distrito Federal e do Banco Central após suspeitas de corrupção no banco público. A exceção é a de habitação, que está com interino, Paulo Antunes de Siqueira, desde que o então vice-presidente Nelson de Souza foi nomeado presidente da Caixa, em abril último, no lugar de Gilberto Occhi.

Estadão Conteúdo

Comentários