13 de julho de 2018, 11:51

BAHIA“O PT colocou a saúde da Bahia na UTI”, diz Taissa Gama

Foto: Divulgação

Taissa Gama (PTB)

A pré-candidata à Assembleia Legislativa, Taissa Gama (PTB), ao ter ciência do levantamento feito pelo Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, do Ministério da Saúde, que colocou a Bahia na quinta colocação em redução de leitos de internação da rede pública, afirmou que o governo do PT colocou a saúde pública na “UTI”. Ao total, mais de 1,9 mil leitos foram desativados no estado nos últimos oito anos. “Além da segurança pública, que também coloca a Bahia na quinta colocação de homicídios de jovens nos últimos anos, o PT segue conquistando títulos indesejáveis para a população. Agora, outro setor fundamental para a vida é atingido: a saúde. Eles se gabam tanto que ão referência, mas os números mostram que vivemos uma verdadeira crise. É muita propaganda e pouco trabalho. E agora, governador Rui Costa O que o senhor tem a explicar?”, indaga a ex-secretária de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude de Salvador. Em maio de 2010, a Bahia tinha 25,1 mil leitos para uso exclusivo do Sistema Único de Saúde (SUS). O número caiu para 23,2 mil em 2018. Entre as capitais, Salvador ocupa posição de destaque positivo. Com um pequeno acréscimo de 314 no período analisado, é a quarta capital em aumento de leitos: 5,2 mil em 2010, contra 5,5 mil em 2018. Apenas Recife (534), Porto Velho (354) e Cuiabá (346) tiveram maior incremento. Segundo o levantamento, 22 estados e 18 capitais brasileiras perderam leitos nos últimos oito anos.

Comentários