1 de julho de 2018, 12:20

MUNDONo Irã, 230 pessoas são envenenadas com água poluída

A agência de notícias do Irã, Fars, informou que 230 pessoas foram envenenadas por beber água poluída na região sudoeste do país. A reportagem citou Shahrokh Refaei, chefe da gestão de crises no Condado de Ramhormoz, na província de Khuzestan, dizendo que a água poluída surgiu depois de uma interrupção de água de 20 horas. Refaei diz que a água não foi tratada com cloro, causando envenenamento. As pessoas da província do Khuzistão, rica em petróleo do país, protestaram contra a escassez de água desde a sexta-feira. As manifestações inicialmente eram pacíficas, com manifestantes cantando em árabe e farsi. Mas, no final do sábado e no domingo cedo, os manifestantes começaram a atirar pedras, confrontando forças de segurança na cidade de Khorramshahr. Funcionários dizem que um pessoa foi ferida.

Estadão

Comentários