16 de julho de 2018, 07:30

MUNDOEx-coronel de regime militar chileno é preso na Argentina

Policiais federais da Argentina prenderam na tarde de hoje (15), em Mar del Plata, um cidadão chileno que, segundo a corporação, é um dos foragidos mais procurados pelas autoridades de seu país, acusado por homicídios. De acordo com a imprensa argentina e chilena, trata-se de Sergio Francisco Jara Arancibia, coronel durante a ditadura militar de Augusto Pinochet, uma das mais violentas da América Latina. Estimativas oficiais apontam que, entre 1973 e 1990, mais de 3 mil opositores ao regime foram mortos e dezenas de milhares presos e torturados. Até hoje, milhares de famílias reclamam informações sobre desaparecidos políticos. No ano passado, a Corte Suprema do Chile condenou Arancibia a prisão pelos assassinatos de um médico e de um servidor público que se opunham ao regime militar. Desde então, o ex-general está foragido. De acordo com as autoridades argentinas, o chileno foi detido com base em um mandado de captura internacional e será extraditado para o Chile.

Agência Brasil

Comentários