13 de junho de 2018, 17:25

BRASILBacelar critica Temer por corte de verbas na educação, esporte e cultura

O deputado federal Bacelar (Podemos-BA) criticou, nesta quarta-feira (13), as novas regras para a distribuição de recursos das loterias federais, definidas em medida provisória editada pelo presidente Michel Temer. A proposta transfere parte do dinheiro arrecadado pela loterias para a segurança pública. Segundo Bacelar, se o texto for aprovado pelo Congresso representará um corte de R$ 800 milhões nas áreas de educação, cultura e esporte, em 2019. “Não é admissível beneficiar um setor em detrimento de outro. É preciso, sim, garantir mais segurança para a sociedade, mas tirar da educação não é a solução. O FIES não terá mais investimentos. E nossos estudantes? Além disso, o esporte é inclusivo, socializa, tira jovens do mundo do crime. Parte do investimento é direcionado aos clubes formadores de atletas olímpicos e paraolímpicos e às entidades que fomentam o esporte escolar e universitário”, argumentou. O parlamentar reconheceu a necessidade de investimentos urgentes e prioritários no combate à violência , mas considera que Temer não tomou a melhor decisão para o país . ” Segurança Pública não se planeja somente com infraestrutura e policiais. Quando se retira recursos de áreas ligadas à formação do cidadão , são criadas outras condições que geram ainda mais violência. É subsidiar, financiar mais jovens nas ruas, expostos a todo tipo de criminalidade”.

Comentários