2 de maio de 2018, 19:00

INTERIOR DA BAHIAUnidades Básicas de Saúde em Araci estão abandonadas, diz ex-vereador

Foto: Divulgação

Unidade Básica de Saúde abandonada no povoado de Lajinha, na cidade de Araci (BA)

Entre 2014 e 2015 foram construídas diversas Unidades Básicas de saúde (UBS) no município de Araci. As obras foram resultado de um convênio entre o Ministério da Saúde e a Prefeitura de Araci. Ocorre que os postos de saúde das localidades de Serra Branca, Lajinha, Poço Grande, Várzea da Pedra, Matadouro de Lagoa do Boi estão totalmente abandonados. Na ocasião, o prefeito da cidade, Antonio Carvalho da Silva Neto (atual chefe do Executivo municipal local) pleiteou junto ao Governo Federal a construção de 12 UBS. “Ocorre que nada menos do que seis UBS não estão funcionando e as obras, realizadas com recursos do Governo Federal e da Prefeitura de Araci, estão se deteriorando”, afirma o ex-vereador e ex-secretário de Esportes e Lazer do município, Leonardo Barreto de Pinho. A ausência de funcionamento e seguranças dessas UBS tem facilitado a ação de vândalos, que já furtaram lâmpadas, pias e vasos sanitários, dentre outros objetos, de acordo com a Associação dos Moradores de Várzea da Pedra. “Essas obras custaram cerca de R$ 6 milhões. É um dinheiro público que está sendo jogado no lixo e, pior, a população destas localidades está totalmente desassistida na área da saúde”, frisou Pinho. Ele encaminhará uma denúncia neste sentido nesta semana ao Ministério Público Federal.