13 de maio de 2018, 13:00

MUNDOResponsável por ataque em Paris estava no radar da polícia por radicalismo

O homem responsável pelo ataque a faca no centro de Paris ontem estava no radar da polícia por suspeita de radicalismo e não tinha histórico de prisões ou atividades criminais, de acordo com autoridades francesas. Nascido em 1997, na Chechênia, o agressor matou um homem de 29 anos e feriu outras quatro pessoas numa área turística da capital francesa antes de ser morto por policiais. Os pais do agressor foram detidos para questionamentos e a polícia quer determinar se ele teve alguma ajuda no ataque. A embaixada da Rússia na França disse que já solicitou mais informações sobre o autor do ataque às autoridades francesas. Testemunhas relataram terem ouvido o homem gritar “Allahu akbar” (“Deus é grande”, em árabe) durante o ataque. O Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque e disse que ele foi conduzido por um de seus “soldados”, mas não deu provas ou detalhes sobre a identidade do agressor.

Estadão

Comentários