16 de maio de 2018, 15:45

SALVADORComissão do Revogaço se reúne com Ademi e identifica leis que travam investimentos privados em Salvador

A comissão que pretende revogar uma série de leis ineficientes em Salvador se reuniu com a Associação de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi) para identificar normas que seriam prejudiciais ao ambiente de negócios na cidade. encontro aconteceu nesta quarta-feira (16/05), na Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), e contou com o presidente da Ademi, Cláudio Cunha, o presidente da “Comissão do Revogaço”, vereador Alexandre Aleluia (DEM), além dos edis Tiago Correia (PSDB) e Duda Sanches (DEM) e do secretário Sérgio Guanabara. “É importante que a sociedade faça parte desse trabalho de identificar e revogar leis inúteis que acabam muitas vezes criando uma burocracia inimiga do ambiente de negócios. Queremos aprimorar o código jurídico de Salvador enxugando o que não é necessário. Não podemos continuar com essa cultura de só pensar em criar lei em vez de buscar facilitar a vida do cidadão”, afirmou Alexandre. Já o presidente da Ademi parabenizou a ideia dos vereadores e apresentou uma lista de normas jurídicas que, de acordo com a instituição, são nocivas ao investimento privado na cidade. “Parabenizo a iniciativa que visa desburocratizar e, consequentemente, incentivar o ambiente de negócios na cidade para que a gente consiga viabilizar novos empreendimentos”, comentou Cláudio Cunha.

Comentários