17 de maio de 2018, 07:20

BRASILAGU apoia juíza que impediu acesso de deputados a Lula

A Advocacia-Geral da União (AGU) defenderá no Supremo a decisão da juíza que negou autorização para que uma comissão externa da Câmara dos Deputados visitasse o ex-presidente Lula na prisão. Para a ministra Grace Mendonça, o veto da juíza levou em consideração a realização de diligências anteriores e a possibilidade de “turbação” das condições de cumprimento da pena do ex-presidente. A manifestação foi encaminhada ao STF a pedido do ministro Edson Fachin, relator da arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) 515 que questiona essa decisão.

Estadão

Comentários