12 de março de 2018, 21:38

BAHIA‘Barrar disciplina do golpe é apequenar as ciências’, diz Coronel

Foto: Vaner Casaes/ALBA

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel, apresentou na tarde desta segunda-feira (12) uma moção de solidariedade às universidades Federal da Bahia (Ufba) e do Recôncavo da Bahia (UFRB) pela tentativa do vereador Alexandre Aleluia de barrar a oferta da disciplina “Tópicos Especiais em História: o golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”. Aleluia ingressou com uma ação popular na Justiça Federal para impedir que a matéria seja oferecida aos alunos das universidades. “Isso só faz apequenar o estudo das ciências social e política no Brasil”. Ainda segundo Coronel, a universidade é o espaço mais adequado para se fazer o debate de ideias numa sociedade democrática.