27 de fevereiro de 2018, 18:19

INTERIOR DA BAHIAJuiz decreta afastamento da secretária do Desenvolvimento Urbano de Camaçari

Foto: Reprodução

A secretária do Desenvolvimento Urbano de Camaçari, Juliana Franca Paes

O Juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Camaçari, Cezar Augusto Borges de Andrade, determinou nesta terça-feira (27) o afastamento de Juliana Franca Paes do cargo de Secretária do Desenvolvimento Urbano de Camaçari. A gestora municipal é acusada de improbidade administrativa pelo Ministério Público. Autor da ação civil pública, o promotor de Justiça Everardo Yunes acusa a secretária de chefiar uma quadrilha que exigia propinas de empresas e investidores interessados na aprovação de empreendimentos imobiliários de médio e alto luxo no município. Outras seis pessoas que participavam do esquema criminoso comandado pela secretária e pelo marido Aridã de Souza Carneiro, dentre elas quatro servidores públicos, foram denunciados e também responderão a uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa. “Além de praticar atos ímprobos, eles utilizavam-se, indevidamente, dos nomes de pessoas detentoras de cargos eletivos para obter com maior facilidade as vantagens econômicas ilegais”, afirma o promotor. Na decisão o juiz destacou que “considerando as razões expostas, conclui que na espécie relatada nos autos, encontram-se presentes os requisitos da lei para o deferimento parcial das medidas liminares requeridas pelo Promotor de Justiça encarregado nos autos, determinando, desta forma, o afastamento imediato de qualquer função ou cargo público exercido pela primeira requerida nos autos, Juliana Franca Paes, na administração pública municipal”.