26 de janeiro de 2018, 08:22

EXCLUSIVARui Costa entra no time dos lembrados para substituir Lula na corrida presidencial

Foto: Manu Dias

Perfil de bom gestor e ausência de acusações ou processos leva à lembrança do nome de Rui Costa para corrida presidencial

O governador Rui Costa passou a fazer companhia ao ex Jaques Wagner, a Celso Amorim e a Fernando Hadddad como mais novo nome em que o PT pode depositar suas fichas para substituir Lula na corrida presidencial. Considerada uma “loucura” por parte do PT, que avalia Rui como favorito à reeleição na Bahia, a lembrança é motivada por dois fatores: a fama de bom gestor que o desvincula da image exclusivamente de político, muito comum no petismo e rechaçada pela população, e o fato de não ter contra si nenhuma acusação ou processo, o que ocorre com dois dos igualmente lembrados. Outra dificuldade para Rui enfrentar o desafio, aponta o PT baiano, é a desarrumação que a proposta causaria na política governista no Estado. Wagner seria lançado candidato a governador, ao passo que o hoje vice, João Leão, do PP, assumiria o governo até as eleições. Com isso, seu filho, o deputado federal Cacá Leão, não poderia fazer parte da chapa. A vantagem é que, com a saída de Wagner para o governo, abriria-se mais uma vaga ao Senado na chapa governista, na qual poderia entrar, por exemplo, a senadora Lídice da Mata (PSB), já que o indicado do PP poderia ser o deputado federal Ronaldo Carletto, que planeja ir para o PR com o objetivo de pleitear espaço no grupo. “Carletto não precisaria nem sair do PP”, avalia uma fonte do PT.

Comentários