12 de janeiro de 2018, 12:05

SALVADORCarnaval terá 770 mil turistas e vai movimentar R$1,7 bilhão

Foto: Divulgação/Agecom

Os números foram apresentados pelo prefeito ACM Neto em coletiva de imprensa

O Carnaval de Salvador deverá atrair cerca de 770 mil turistas para a cidade. Deses, 400 mil oriundos do interior, 300 mil de outros estados (com destaque para Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Sergipe e Minas Gerais) e 70 mil estrangeiros, principalmente argentinos, franceses, chilenos, alemães e uruguaios. Os números foram apresentados pelo prefeito ACM Neto em coletiva de imprensa que faz o lançamento oficial da folia momesca em Salvador, realizada no Wish Hotel da Bahia, no Campo Grande. “Serão mais de mil horas de música. Os números do setor hoteleiro apontam para uma ocupação 25% superior ao Carnaval de 2017. Sendo bem conservadores, deveremos ter uma ocupação dos leitos acima de 90%”, anunciou o prefeito, que apresentou os patrocinadores oficiais da festa: Skol, Caixa Econômica, Air Europa e Olla, marca de preservativos. Somente no pré-Carnaval, nos dias 3 e 4 de fevereiro, são esperadas um milhão de pessoas nas ruas, entre baianos e turistas. Nesses dias, acontecem o Fuzuê e o Furdunço, respectivamente, no circuito Orlando Tapajós (Ondina-Barra). A movimentação econômica durante a festa na cidade é estimada em R$1,7 bilhão. Durante o período do Carnaval, os turistas nacionais chegam a desembolsar cerca de R$ 4,915 mil, enquanto que os baianos costumam gastar cerca de R$ 1,7 mil e estrangeiros R$ 3,5 mil. Estes dados são baseados em pesquisa de análise de perfil dos turistas, realizada pela Prefeitura. Ainda de acordo com o estudo, os visitantes costumam passar sete dias na cidade durante o Carnaval. Mas brincam nas ruas aproximadamente cinco dias. Os gastos dos foliões incluem passagem, hospedagem, vestimentas do carnaval, alimentação, bebidas, compras, transporte, dentre outros.

Comentários