13 de novembro de 2017, 12:53

MUNDOVinte e três países da UE concordam em criar uma união militar

Vinte e três dos 28 países membros da União Européia (UE) concordaram hoje (13) em expandir significativamente sua cooperação militar. Os ministros das Relações Exteriores e da Defesa do bloco assinaram um documento em Bruxelas que deveria lançar as bases para uma futura união de defesa europeia. A informação é da agência alemã DPA. Segundo os líderes, a decisão de criar uma união de defesa europeia visa tornar a UE menos dependente dos Estados Unidos e fortalecer a cooperação entre parceiros europeus em projetos militares. “É importante para nós assumir uma posição independente, [principalmente] após a eleição do presidente dos EUA (Donald Trump). Assim, se houver uma crise no nosso bairro, devemos ser capazes de agir”, disse a ministra da Defesa alemã, Ursula van der Leyen. O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, Sigmar Gabriel, falou da união como um “marco no desenvolvimento europeu”. A cooperação projetada é “um grande passo em direção à independência e ao fortalecimento da política de segurança e defesa da UE”, ressaltou.

Agência Brasil

Comentários