12 de novembro de 2017, 11:15

EXCLUSIVANeto e Jutahy aclamados candidatos ao governo e Senado em convenção do PSDB

Foto: Divulgação

Tucanos se reúnem com ACM Neto em convenção do PSDB

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e o deputado federal tucano Jutahy Magalhães Jr. foram praticamente aclamados candidatos ao governo e ao Senado, respectivamente, durante a convenção estadual do PSDB que reelegeu o deputado federal João Gualberto como presidente do partido, realizada ontem pela manhã (11) na sede da Abase, no bairro de Jardim Armação. Praticamente todos os políticos que discursaram no evento fizeram referência ou defenderam seus nomes, reafirmando o compromisso de aliança entre as duas legendas para a sucessão estadual de 2018 contra o governador Rui Costa (PT), candidato à reeleição, fortemente criticado no evento.

Primeiro a discursar no encerramento da festa, o vereador tucano Tiago Correia, de Salvador, falando em nome de todos os vereadores da legenda, depois de fazer críticas à situação do Estado, disse que o processo de mudança passava por ACM Neto, a quem chamou de “nossa bóia de salvação”. O prefeito de Saúde, Sérgio Passos, também disse que Neto representa “o novo, a mudança” e, em seguida, defendeu o nome de Jutahy para candidato a senador na chapa que pode vir a ser liderada pelo democrata. O deputado estadual Adolfo Viana saudou o prefeito como “futuro governador” da Bahia e Jutahy, como “futuro senador”.

Antes, Viana disse que o Estado era o destino preferencial no país do crime organizado por falta de interesse do governo em investir na segurança pública. Ao afirmar que o governador Rui Costa faz obras no interior com “o dinheiro dos prefeitos”, o deputado Augusto Castro disse que não tinha dúvidas de que o PSDB estará ao lado de ACM Neto em 2018 com o apoio à sua chapa representado pelo candidato a senador Jutahy. Depois de elogiar o apoio que encontrou no PSDB, Carlos Geilson, que se elegeu deputado estadual pelo PTN, disse que sua chapa já estava constituída, sob a liderança de ACM Neto, e tinha dois nomes ao Senado.

Citou, além de Jutahy, o prefeito de sua terra, Feira de Santana, José Ronaldo, que prestigiou o evento. “São nomes limpos, fichas limpas”, discursou. O ex-deputado federal João Almeida, diretor-representante do PSDB na Bahia, disse que os convencionais e militantes não deveriam se preocupar com a tese de que o partido vai se esfacelar, em decorrência da briga nacional, porque “o PSDB é necessário ao Brasil mais do que nunca, porque organiza o centro político nacional”, e previu novos tempos no para a Bahia com a virtual eleição de ACM Neto ao governo, no ano que vem.

Responsável pelo discurso mais esperado da convenção, dado o seu apoio ao presidente Michel Temer (PMDB), um dos motivos da crise interna do PSDB, o ministro Antonio Imbassahy (secretaria de Governo), justificou sua presença no governo por meio da apresentação de vários números mostrando a melhoria do país sob a gestão do peemedebista e afirmou que há hoje na Bahia um clamor pela candidatura de ACM Neto ao governo. Ele observou que o prefeito fez uma revolução na cidade e que a Bahia em suas mãos vai melhorar “e melhorar bastante”. “Como (ACM Neto) é o melhor prefeito do Brasil, vai ser o melhor governador do Brasil”, declarou.

Em seu discurso, o deputado Jutahy Magalhães Jr. lembrou que o PSDB foi dos primeiros a apoiar a candidatura de ACM Neto (DEM), em Salvador, e de José Ronaldo (DEM), em Feira de Santana, em 2012, orgulhando-se de que os dois tenham sido reeleitos em 2016, com, respectivamente, 74% e 72% dos votos, disse que lutaria pelo apoio da militância para ser indicado candidato ao Senado na chapa do prefeito e ainda que a presença do democrata no evento era uma demonstração da parceria das agremiações. “Quem decide que é candidato é o candidato, mas o PSDB deseja unanimemente a candidatura de ACM Neto em 2018”, afirmou, arrancando um coro de gritos de apoio ao prefeito.

Último a falar antes de passar a palavra a ACM Neto, o presidente reeleito do PSDB, deputado federal João Gualberto, disse ter certeza de que o partido estaria ao seu lado em 2018 e que o colega Jutahy era o nome para fazer parte da chapa do prefeito como candidato a senador. Disse ainda que o partido estava dividido nacionalmente por não ser uma organização criminosa nem uma seita, em referência ao PT, e anunciou seu apoio à candidatura do governador Geraldo Alckmin à Presidência da República, em 2018. “O PSDB é o partido das pessoas que pensam o Brasil”, afirmou Gualberto.

Saudado aos gritos repetidos de “governador”, ACM Neto disse que ainda não podia prever o que acontecerá em 2018, mas destacou que quem o conhece sabe que jamais se furtou ao bom combate nem lhe falta disposição ou vontade de servir à Bahia e aos baianos e que se a vontade da sociedade for uma candidatura ao governo, dava certeza a todos de que não se furtaria ao desafio. Levou a platéia ao máximo da excitação. E anunciou que trabalharia para no ano que vem o PSDB e o DEM estare juntos não apenas na disputa da sucessão estadual, como da luta para que dividam o mesmo palanque de uma candidatura presidencial.

Comentários