26 de outubro de 2017, 12:10

INTERIOR DA BAHIACorrentina: presidente da Câmara e quatro vereadores são presos

Foto: Divulgação

Cinco vereadores no Município de Correntina, incluindo o presidente da Câmara de Vereadores, Wesley Campos Aguiar, conhecido como Maradona, foram presos na manhã desta quinta-feira, 26, durante a Operação Último Tanto, deflagrada pelo Ministério Público da Bahia. De acordo com promotores de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), todos os presos estão envolvidos na formação de organização criminosa suspeita de fraudar processos licitatórios e contratos no Município, desviar verbas públicas mediante pagamento de gratificações indevidas a servidores e realizar exigências ilícitas ao prefeito, inclusive entrega de propina de R$ 50 mil para alguns vereadores em troca da aprovação de projetos de lei. O objetivo da operação é reprimir delitos contra a administração pública, licitações e contratos no âmbito da Câmara de Vereadores de Correntina.

Comentários