25 de agosto de 2017, 19:52

INTERIOR DA BAHIAPoliciais de mais três cidades do interior desistem de trabalhar no Carnaval

Foto: Divulgação

policiais civis da cidade de Jequié mostram o "Requerimento de Desistência" para não trabalhar no Carnaval

Policiais civis das cidades de Jequié, Paulo Afonso e Itapetinga assinaram nesta semana o “Requerimento de Desistência”, para não trabalhar no Carnaval de Salvador, em 2018, devido aos baixos valores pagos pelo Governo do Estado. Na festa do ano passado, a diária foi de R$114,00 e a hora extra R$186,00. A categoria reivindica R$ 230,00 pelo pagamento da diária e R$ 450,00 equivalente a cada 12 horas extras. O SINDPOC esclarece que o Requerimento de Desistência não possui caráter de greve e paralisação. Os servidores vão cumprir a carga horária normal de trabalho de 40 horas semanais. O impasse gira em torno do cumprimento da escala do Carnaval.

Comentários