30 de agosto de 2017, 19:23

EXCLUSIVADEM ameaça romper com Temer se empréstimo do BB sair para a Bahia

Foto: André Dusek/Arquivo

Michel Temer e seu ministro preferido, Antonio Imbassahy, teriam sido colocados contra a parede

Parece cada dia mais difícil ao presidente Michel Temer (PMDB) liberar os R$ 600 milhões de um empréstimos do Banco do Brasil para o governo baiano. A pressão do DEM nacional sobre ele e, principalmente, sobre o ministro Antonio Imbassahy (secretaria de Governo) recrudesceu nos últimos dias, depois que houve um movimento no sentido de dar continuidade ao processo para a liberação dos recursos. O recado passado aos dois é de que até rompimento pode haver caso o adversário petista Rui Costa (PT) seja contemplado com o dinheiro. O pior é que Antonio Imbassahy foi colocado contra a parede num momento em que parece vir recebendo ataques de todos os lados.

Comentários