5 de janeiro de 2017, 11:32

EXCLUSIVAVotação para presidência afasta PT do PCdoB e do PSB na Câmara

Foto: Divulgação

Vereador Hélio Ferreira é também presidente do Sindicato dos Rodoviários

A decisão do PT de lançar candidatura própria à presidência da Câmara Municipal, na última segunda-feira, desrespeitada por dois dos três vereadores do partido, pode afastar a agremiação das demais legendas de oposição na Casa, a exemplo do PSB e do PCdoB. A segunda sigla, tradicional aliada do petismo, preferiu fechar um acordo com o novo presidente, Leonardo Prates (DEM), pelo qual indicará o vereador Hélio Ferreira para a presidência da Comissão de Transportes no Legislativo municipal. Hélio é presidente do Sindicato dos Rodoviários de Salvador e teria contado com um inusitado apoio para galgar o posto, segundo se comenta na Câmara: o do secretário municipal de Mobilidade Urbana, Fábio Motta. O PSB também teria negociado a indicação de uma comissão para votar no candidato do DEM à presidência da Casa. Trata-se da de Reparação, que será presidida pelo vereador Sílvio Humberto, líder da Oposição na Casa. Os dois vereadores do PT que não apoiaram a candidata petista Marta Rodrigues também negociaram espaços no Legislativo. Suíca assumirá a Ouvidoria, ao passo que Moisés Rocha deve presidir uma Comissão voltada para o Carnaval, que será criada em fevereiro.

Comentários