2 de janeiro de 2017, 10:59

EXCLUSIVAPT planeja expulsar Suíca e Moisés depois de votação na Câmara

Foto: Política Livre

Aliado antigo de ACM Neto, vereador Suíca está na mira do PT há muito tempo

A decisão da executiva municipal do PT de lançar a candidatura da vereadora Marta Rodrigues à presidência da Câmara teve apenas um objetivo: fazer com que o partido tenha argumentos para expulsar os vereadores Suíca e Moisés Rocha, ambos do PT. Nenhum dos dois votou na vereadora na eleição para a presidência da Câmara agora pela manhã, na qual ela só teve o seu próprio voto. A direção do PT buscava apenas uma justificativa para tirar os dois vereadores da sua representação na Câmara. O vereador Suíca, inclusive, integra a chapa do novo presidente da Câmara Municipal, Léo Prates (DEM), na condição de Ouvidor. Marta sabia que provavelmente só teria seu voto na eleição de hoje. Nas reuniões que a executiva do PT para anunciar sua candidatura, os dois colegas de partido não compareceram. Ainda assim, ela decidiu concorrer, atendendo a apelo do partido, sob o argumento de que o PT começou pequeno na Câmara Municipal de Salvador até chegar à Presidência da República. A militância petista deu total apoio à vereadora. Das galerias, gritou seu nome quando seu nome foi anunciado, quando ela lançou sua candidatura e no momento em que ela votou. “Eles estão vendo tudo”, disse depois a vereadora ao Política Livre, referindo-se à galeria.

Comentários