11 de janeiro de 2017, 21:44

BRASILPSDB sai em defesa de Alexandre de Moraes

Foto: Divulgação

Após ex-ministros e parlamentares, a maioria do PT, divulgarem carta aberta pedindo que o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, tenha “a grandeza de renunciar ao cargo” diante da crise no sistema penitenciário, o PSDB saiu em defesa do ministro tucano e, em nota, afirmou que Moraes está enfrentando uma herança do PT.”O ministro Alexandre de Moraes enfrenta hoje, com coragem, mais uma herança gerada pela omissão de 14 anos das administrações do PT. A gravidade da situação exige responsabilidade. A sociedade brasileira não aceita mais tamanho oportunismo político”, diz a nota assinada pela direção nacional do partido. Para os tucanos, as críticas feitas a Moraes fazem parecer que a crise no sistema penitenciário nacional “tivesse nascido agora”. “Usam da demagogia para tentar esconder a responsabilidade dos governos petistas com o agravamento da situação que o país enfrenta hoje”, afirmam.A nota diz ainda que os petistas “silenciam sobre os planos anunciados com destaque em solenidades e que nunca saíram do papel”. “Silenciam sobre os mais de R$ 8,9 bilhões contingenciados do Fundo Penitenciário Nacional e do Fundo Nacional de Segurança”, completam.

Estadão Conteúdo

Comentários