11 de janeiro de 2017, 14:15

SALVADORPrefeitura notifica 32 estabelecimentos no circuito da Lavagem do Bonfim

Na véspera da Lavagem do Bonfim, os agentes de fiscalização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) voltaram às ruas para o segundo dia de operação preventiva com o intuito de notificar os comerciantes sobre a proibição da venda de bebidas em garrafas de vidro durante a festa religiosa, que acontece nesta quinta-feira (12). A ação foi realizada em parte do trecho onde vai acontecer a celebração, entre a Igreja da Nossa Senhora da Conceição da Praia e a Calçada, e também teve o objetivo de garantir que o espaço público, bem como todos os tipos de atividades comerciais, estejam totalmente regularizados e com segurança. Por isso, foram vistoriados bares, restaurantes, lanchonetes, depósitos e imóveis com sacadas. No total, foram 32 notificações. Em operação realizada ontem (11), foram contabilizadas 33. Na operação de hoje, foram apreendidos grades, portões, trilho, cantoneira e andaimes tubulares A iniciativa serviu também como alerta para que os proprietários não promovam aglomerações de pessoas dentro dos estabelecimentos, a fim de evitar acidentes. Além disso, a Sedur orientou que não é permitido instalar palco ou qualquer estrutura provisória para o evento sem a aprovação da Prefeitura. Dono de um bar próximo ao Elevador Lacerda, Edvaldo Andrade dos Reis, 53 anos, foi um dos notificados para não vender bebidas em garrafa. Ele vê a operação como importante para que a Lavagem transcorra com alegria. “É importante para evitar acidentes. Já separei umas grades para que ninguém leve garrafa para fora. Para vender, eu trabalho usando copão”, disse.

Estadão

Comentários