8 de março de 2015, 09:59

BAHIARui Costa aprova a reação e mantém confiança em João Leão

Foto: Reprodução/Flickr

A declaração do vice-governador da Bahia João Leão (PP), que disse estar “cagando e andando, no bom português na cabeça desses cornos todos”, ao comentar a sua inclusão entre os políticos que serão investigados na Operação Lava Jato, foi apoiada pelo governador Rui Costa (PT), ontem,  ao entregar a restauração e pavimentação da BA-491 em Cabaceiras do Paraguaçu..”A declaração de Leão talvez seja de alguém que está indignado, eu diria até revoltado, e que tem convicção de sua inocência”, afirmou o petista. Rui disse ainda que Leão, também secretário do Planejamento, continua a contar com sua confiança e vai ‘lutar’ para provar que não tem envolvimento com nenhuma irregularidade. Do outro lado, o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), principal líder da oposição baiana, afirmou que Leão foi desrespeitoso não só com o Judiciário, mas com os cidadãos. “Foi uma declaração extremamente infeliz. Há muitos anos eu não vejo uma declaração tão inapropriada”, disse o democrata, ao visitar ontem as obras na Orla de Salvador.Informações do jornal A Tarde.

Comentários