9 de março de 2015, 07:00

BRASILPronunciamento de Dilma gera ‘panelaço’ em 12 capitais do país

Foto: Reprodução de vídeo com imagens do panelaço de ontem à noite

Enquanto a presidente Dilma Rousseff fazia seu pronunciamento à Nação em rede nacional na noite deste domingo em comemoração ao Dia da Mulher, espectadores de ao menos 12 capitais – São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Vitória, Curitiba, Porto Alegre, Goiânia, Belém, Recife, Maceió e Fortaleza – gritavam em suas janelas, batiam panela e piscavam a luz de casa enquanto vaiavam e gritavam “Fora, Dilma”. No Facebook os internautas inundaram a rede social com vídeos gravados da janela de suas casa. Já no Twitter, de acordo com monitoramento feito pelo governo, assim que a presidente finalizou seu discurso os tuítes pró-Dilma ficou em primeiro lugar no mundo. Os anti-Dilma, em oitavo. Em São Paulo, nos Jardins, no centro e em bairros como Vila Madalena, Pompeia, Moema e Perdizes muitos moradores foram para a janela e protestaram. Era possível ouvir gritos de “Fora Dilma”. Em alguns pontos da cidade também foram usados fogos de artifício. Nas redes sociais, muitos relataram surpresa e alguns exaltaram as manifestações nas ruas. Em sua fala, Dilma chamou o ajuste de “travessia”. Negou que irá “trair” a classe média e os trabalhadores, mas anunciou que todos pagarão pelas medidas. “Absorvemos a carga negativa até onde podíamos e agora temos de dividir parte deste esforço com todos os setores da sociedade”, disse. Com a Folha de S. Paulo e Estadão.

Comentários