12 de agosto de 2014, 07:47

BAHIASenador João Durval decide apoiar chapa da oposição

A chapa majoritária da coligação “Unidos pela Bahia” ganhou o apoio do senador João Durval Carneiro (PDT). O pedetista fez o anúncio da adesão pessoalmente aos candidatos Paulo Souto (governador), Joaci Góes (vice) e Geddel Vieira Lima (senador), no início da noite de segunda-feira (12), no escritório político de Salvador. “Paulo Souto é um antigo amigo, que foi um eficiente secretário de Minas e Energia no meu governo (1983/1986)”, lembrou João Durval, destacando o trabalho de eletrificação rural realizado por Souto no período. “Eu estabelecia prazos e ele nunca falhava no cumprimento”, observou o ex-governador da Bahia. João Durval afirmou que sempre fez campanha pela sua cabeça e descartou qualquer compromisso com o governador Jaques Wagner e a presidente Dilma Rousseff. “Eu não devo nada a ele, não tenho nenhum cargo no governo do PT. Quanto à presidente Dilma, nunca fui recebido por ela, nem eu nem qualquer outro senador. Portanto, tenho liberdade de escolher meus candidatos, que são Paulo Souto, Joaci e Geddel”. Grato pelo apoio, Paulo Souto disse que o governo de João Durval deixou marcas significativas no estado, dedicando atenção especial à Região do Semiárido e sendo ainda um dos responsáveis pela construção da barragem de Pedra do Cavalo. “Por causa de Pedra do Cavalo, Salvador é uma das poucas grandes capitais brasileiras que nunca precisou fazer racionamento de água. João Durval deixou importante legado. É um apoio que soma em nossa candidatura”.

Comentários