18 de maio de 2014, 11:30

SALVADORTropas das Forças Armadas desembarcam amanhã

Foto: Divulgação

Efetivo vai reforçar a segurança na Copa do Mundo

Começa a desembarcar nesta segunda-feira (19), na Base Naval de Aratu, parte do efetivo de 2.300 militares das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) que virá para o estado reforçar a segurança na Copa do Mundo. Faltando menos de um mês para o Mundial, 650 homens da Marinha serão os primeiros a chegar, às 9h, em um navio vindo do Rio de Janeiro, que transporta ainda 16 veículos, entre caminhões, ambulâncias e motocicletas, além de armamentos e cães farejadores. Os militares da Marinha vão patrulhar a orla de Salvador e a Baía de Todos os Santos, utilizando uma fragata com um helicóptero UH-12 (Esquilo) embarcado, uma corveta, dois navios-patrulha, dois navios-varredores, um aviso-de-patrulha e dez embarcações de Inspeção Naval da Capitania dos Portos. Sob coordenação do Comando do 2º Distrito Naval, as tropas das Forças Armadas vão trabalhar de forma integrada com as polícias Militar, Civil, Rodoviária, Federal, além de representantes da Secretaria da Segurança Pública (SSP). O Exército vai atuar com 1.115 agentes na proteção de estruturas como subestações de energia e abastecimento de água e torres de telecomunicações. O espaço aéreo de Salvador também será controlado — estão envolvidos no trabalho 220 militares da Força Aérea Brasileira, dois caças F-5, dois caças A-29 (supertucano), um helicóptero H-60 e uma aeronave de alerta aéreo antecipado E-99. Os embarques e desembarques de voos comerciais em Salvador não devem ser prejudicados, já que o aeroporto fica a um raio maior do que a distância de restrição das Forças Armadas. Outros 135 militares vão vistoriar estádios, centros de treinamento, aeroporto, base aérea e comboios das delegações oficiais.

Comentários