7 de janeiro de 2014, 17:00

BAHIA Bruno Reis afirma que candidato das oposições será anunciado apenas após Carnaval

O deputado estadual Bruno Reis (PMDB) anunciou nesta terça-feira (07) que a decisão sobre o candidato das oposições para governo do Estado será anunciada apenas após o Carnaval, mesmo que seja fechada antes. A declaração foi dada durante entrevista concedida aos radialistas Uziel Bueno e Evilásio Júnior, durante programa “O Sistema É Bruno”, na Rádio 100. “Não há briga. Há um entendimento de que nossa candidatura está entre Geddel Vieira Lima e Paulo Souto. Esperamos que um seja candidato a governador e outro ao Senado para irmos às eleições com força máxima. Há possibilidade de anteciparmos a decisão para anunciarmos apenas após o Carnaval. Posso dizer que o clima é de harmonia em torno de um entendimento”, arrematou. A oposição, portanto, deverá marchar com uma única candidatura para as eleições ao governo estadual. Segundo Reis, a antecipação do governador Jaques Wagner em anunciar seu candidato, o chefe da Casa Civil do Estado, Rui Costa, demonstra que o PT está mais preocupado com política do que com gestão. “Mais uma vez o governo está cometendo equívoco em lançar uma candidatura, achando que com isso vai poder viabilizar um candidato a governador. Wagner tirou uma candidatura do bolso, que não é uma candidatura da razão, não é o melhor nome do governo, nem o melhor nome do PT. É uma candidatura imposta pelo governador. E essa imposição deixou traumas na base”, afirmou o deputado, lembrando que, em 2012, o plano sobre a antecipação do nome de Nelson Pelegrino à Prefeitura de Salvador também não deu certo.

Comentários