13 de novembro de 2013, 17:16

BAHIALuciano Simões critica demora na construção do Parque Aquático em Salvador

Depois de mais de três anos da desativação da piscina do clube da Fonte Nova, a única com dimensões olímpicas na Bahia, o Governo do Estado publicou tardiamente, no Diário Oficial desta terça-feira (12), processo para a elaboração de projeto do Parque Aquático Desportivo da SUDESB, estimado em pouco mais de R$ 372 mil. “Espero que este projeto não seja mais um a não sair do papel, como a Ponte Salvador-Itaparica, nem que seja entregue para a população com quatro anos de atraso, como a passarela de Pituaçu, que ainda foi superfaturada, consumindo R$ 15 milhões”, disse o deputado Luciano Simões. Desde que foi desativada, em 7 de maio de 2010, muitos atletas da natação, modalidade na qual a Bahia sempre se destacou, estão sendo prejudicados pela falta de estrutura para treinamentos.

Comentários