27 de fevereiro de 2012, 10:21

EXCLUSIVAEXCLUSIVO: JH rechaça chantagem e evita conversar com Pelegrino antes de aprovação de contas, conta assessor

João Henrique teria sido procurado por emissário para manter conversa com Pelegrino

Depois que o vereador Alcindo da Anunciação (PT) admitiu publicamente hoje, na Tribuna, que o partido está disposto a aprovar as contas de João Henrique (PP) desde que, em troca, ele assuma a candidatura do deputado federal petista Nelson Pelegrino à Prefeitura, um assessor próximo ao prefeito revelou a este Política Livre que mais uma vez, ontem, um emissário o procurou na tentativa de marcar um encontro seu com o candidato petista para que discutissem a sucessão de outubro. Segundo a mesma fonte, João Henrique reagiu à proposta com um “não seco”, acrescentando que só conversa com Nelson Pelegrino após a aprovação de suas contas pela Câmara Municipal. O argumento do prefeito é de que o PT abriu guerra contra ele e sua administração. Segundo o assessor, foram citados como ações contra o prefeito o Movimento Desocupa, que, segundo ele, de forma antidemocrática, pede a saída de João Henrique antes do final do mandato, e a hostilidade da bancada petista durante a votação da LOUS (Lei de Ordenamento e Uso do Solo) e do Metrô da Paralela. “Assim não dá. O PT bate às claras, tenta inviabilizar a atual gestão municipal, mas quer um encontro de bastidores entre João Henrique e Pelegrino para falar do apoio do prefeito ao candidato do PT. É melhor passar mais tarde”, finalizou o assessor.

Comentários