6 de abril de 2011, 18:07

Zé Neto diz que reforma administrativa terá pequeno impacto nas contas

O líder do governo na Assembleia, deputado Zé Neto (PT), em telefonema ao Política Livre, disse que a reforma administrativa a ser enviada pelo governo do estado até o final desta semana terá um pequeno impacto nas contas públicas. “O impacto é o menor possível. Serão criados 173 cargos. Um acréscimo de apenas 1,32%”, disse o petista. Zé Neto respondeu ainda críticas da oposição afirmando que, entre os anos de 1999 a 2002, foram criados 1173 cargos e, entre os anos de 2002 a 2006, 1330 cargos. Nos dois períodos citados, o DEM governava o Estado. Ainda de acordo com o líder do governo, no primeiro governo Wagner, foram criados 341 cargos. “Um número muito abaixo em relação aos outros governos. E nós estamos falando de uma reforma que busca aprimorar o Estado, que cria estruturas importantes como a Superintendência de Usuários de Drogas, a Superintendência de Política para Juventude”, afirmou, citando ainda outras estruturas que serão criadas pelo governo. (Thiago Ferreira)

Comentários