24 de maio de 2010, 09:31

Empate com Dilma faz PSDB apressar definição sobre vice de Serra

O resultado da pesquisa Datafolha sobre intenção de votos à eleição para a Presidência da República, divulgada este final de semana, que aponta empate entre Dilma Rousseff (PT) e o tucano José Serra, pode interferir na estratégia adotada pelo PSDB na disputa. A amostragem acendeu um alerta no ninho tucano, pressionando por uma definição imediata do candidato a vice, mais especificamente, sobre uma definição do ex-governador mineiro, Aécio Neves, em montar uma chapa puro sangue. O cientista político e pesquisador da PUC e FGV-SP, Marco Antônio Carvalho Teixeira, acredita que a pesquisa pode interferir na definição do vice tucano e aumentar a probabilidade de o partido radicalizar o discurso durante a campanha. Na pesquisa de intenção de voto Datafolha, Dilma e Serra aparecem com 37% das intenções de voto cada, ante os 30% e 42%, respectivamente, da sondagem realizada em meados de abril. Marina Silva (PV) se manteve estável em relação à última pesquisa, com 12%. (Tribuna)

Comentários