2 de janeiro de 2009, 08:01

Posse: Ausência de representante oficial do governador coloca saia justa em cerimonial da Câmara

A ausência de representante oficial do governador Jaques Wagner (PT) na solenidade de posse do prefeito João Henrique (PMDB) ontem colocou o cerimonial da Câmara Municipal numa grande saia justa. Ao perceber que na relação de autoridades convidadas para a mesa não havia um membro do governo estadual, o ministro Geddel Vieira Lima (Integração Nacional) cobrou, em tom enérgico, que fosse imediatamente chamado o secretário estadual Batista Neves (Infra-Estrutura) com a ressalva de que representava o governador. Assim foi feito. Ligadíssimo a Geddel, Batista Neves foi indicado secretário na cota do PMDB no governo.

Comentários