28 de março de 2008, 09:12

Deputado cassado por infidelidade teve menos sorte que Jusmari

O TSE cassou ontem o mandato do deputado federal Walter Brito Neto (PRB-PB) por infidelidade partidária. O parlamentar foi o primeiro deputado punido por trocar de legenda depois do dia 27 de março do ano passado, data a partir da qual o tribunal estabeleceu que os mandatos pertencem às legendas e não aos parlamentares. Além do mandato de Brito Neto, o DEM pediu de volta os mandatos da deputada federal baiana Jusmari Oliveira (PR), do também deputado federal Gervásio José da Silva (PSDB-SC) e do senador Edison Lobão (PMDB-MA). Jusmari escapou.

Comentários